Dia Internacional da Mulher (08 de março)

Saiba quais os exames que auxiliam na prevenção precoce de doenças

Maior provedora de exames diagnósticos do país para a área pública a FIDI aponta em que fases da vida a mulher deve realizar os principais exames diagnósticos

O Dia Internacional da Mulher simboliza a luta das mulheres por equiparação de gêneros e melhores condições de vida e trabalho. A data também estimula uma série de eventos que ressaltam essas conquistas e propõem novas discussões.

Neste cenário, umas das preocupações é a saúde feminina, principalmente retratada pelo crescimento de casos de câncer de mama, o de maior incidência entre as mulheres, com cerca de 58 mil novos casos por ano, de acordo com o INCA – Instituto Nacional do Câncer. Porém, existem outras doenças que acometem as mulheres e que podem ser prevenidas ou até mesmo tratadas, assim como o câncer de mama, desde que diagnosticadas precocemente.

“Além das práticas saudáveis que promovem qualidade de vida como exercícios físicos, não fumar, não abusar do álcool, dormir bem e ter uma alimentação regrada, o diagnóstico precoce é um forte aliado no tratamento das doenças antes mesmo que alguns sintomas apareçam e tragam sequelas irreversíveis”, explica Dr. Harley De Nicola, gerente médico da FIDI, maior provedora de exames diagnósticos do país para a área pública.

Durante todas as fases da vida alguns exames são fundamentais e devem ser solicitados por um médico, após consulta e avaliação. “É preciso seguir um calendário de exames preventivos que começa a partir da primeira menstruação, com a realização de exames fundamentais que monitoram a saúde e o bom funcionamento de todo o corpo”, ressalta Dr. Harley.

Exames de Rotina para Mulheres

A partir da menarca (primeira menstruação)
Anual
Mamas (auto exame, detecção de nódulos mamários e prevenção do câncer)
Papanicolau (coleta de material do colo uterino e exame físico anual da pélvis, diagnóstico precoce de câncer de colo do útero e outras doenças ginecológicas)
Sangue (diagnóstico de doenças: diabetes, hipertensão e da tireoide)

A partir dos 30 anos
Além dos exames anteriores
Anual
Mamografia (quem possui histórico de câncer na família)

A partir dos 40 anos
Além dos exames anteriores
Anual
Densitometria óssea (detecção de osteoporose)
Ultrassonografia pélvica e transvaginal (avalia ovários e útero e são solicitados a critério do médico)
Avaliação cardiológica (eletrocardiograma e controle da pressão arterial)
Verificar carteira de vacinação (tríplice viral e dupla adulto)

A partir dos 50 anos
Além dos exames anteriores
Colonoscopia (avaliação intestinal)
Exame de fundo de olho (detecção de problemas oculares)
A periodicidade dos exames pode ser alterada de acordo com os resultados de exames ou a critério dos médicos.

Sobre a Fundação IDI

A Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem atua há mais de dez anos na saúde pública de São Paulo. Mantém convênio para operar a área de diagnóstico por imagem de diversos hospitais das Secretarias de Saúde do estado e município de São Paulo, estado de Goiás e prefeituras próximas à capital.

Possui mais de 2 mil funcionários e cerca de 500 médicos especialistas, que atendem em mais de 80 unidades hospitalares realizando cerca de 4,5 milhões de exames por ano. É a maior provedora de exames de diagnósticos por imagem do país, para a área pública.