A REDE FIDI consiste em oferecer apoio médico e psicológico, suporte emocional e informações importantes sobre o Coronavírus aos colaboradores que atuam em suas unidades.

CANAIS DE ATENDIMENTO

Profissionais voluntários oferecerão apoio médico e psicológico ao atender nossos colaboradores que atuam nas unidades FIDI.
Todos os atendimentos serão realizados com o compromisso da ética e sigilo profissional.

Apoio Psicológico e Suporte Emocional:

Colaborador, você não está só! Psicólogos voluntários estão aqui para te ajudar com suas preocupações, medos e angústias.
Agende seu horário.

💬 Fale agora com a gente via whatsapp: (11) 98314-0739 ou (11) 95131-9703 ou por e-mail: redefidi@fidi.org.br

Apoio Médico:

Colaboradores e familiares poderão esclarecer suas dúvidas sobre o Coronavírus com nossos médicos.

💬 Fale agora com a gente via whatsapp: (11) 96482-4837 ou por e-mail: redefidi@fidi.org.br

Apoio Localização Unidades SUS:

Vamos te ajudar a localizar a Unidade de Atendimento ao Coronavírus mais próxima da sua casa.

💬 Fale agora com a gente via whatsapp: (11) 96482-4837 ou por e-mail: redefidi@fidi.org.br

ACONSELHAMENTO TERAPÊUTICO
ONLINE
A Zenklub, é uma plataforma digital que disponibiliza mais de 100 especialistas, como psicólogos, terapeutas e coaches, disponíveis para sessões por videoconsultas, quando e onde o colaborador estiver.

Os atendimentos são pagos, porém no Clube FIDI, o colaborador paga somente R$ 1,00 na primeira sessão e tem 10% de desconto nas demais sessões.

ACONSELHAMENTO MÉDICO GRATUITO
ONLINE
O Grupo Taiz Campbell está oferencendo Orientação médica gratuita. Nesse momento de Pandemia, antes de ir ao hospital, envie uma mensagem e receba orientação de um médico voluntário.

ACONSELHAMENTO JURÍDICO GRATUITO
LEIS TRABALHISTAS

A Dagázio Consultoria Empresarial está oferencendo Aconselhamento jurídico gratuito para leis trabalhistas.

ACONSELHAMENTO PSICOTERAPÊUTICO GRATUITO
ONLINE

A Clinica Celebrar está oferecendo apoio psicológico gratuito.

Todos esses benefícios estão disponíveis no Clube FIDI.
Acesse clicando aqui.

Sites importantes e confiáveis sobre SAÚDE e COVID-19

Informações sobre o Coronavírus via Ministério da Saúde: https://coronavirus.saude.gov.br/

Ministério da Saúde: https://saude.gov.br/

Secretaria da Saúde – Governo do Estado de São Paulo: http://www.saude.sp.gov.br/

Secretaria da Saúde – Governo do Estado de Goiás: http://www.saude.go.gov.br/

Saúde sem Fake News

Para combater as Fake News sobre saúde, o Ministério da Saúde, de forma inovadora, está disponibilizando um número de WhatsApp para envio de mensagens da população. Vale destacar que o canal não será um SAC ou tira dúvidas dos usuários, mas um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.

Qualquer cidadão poderá enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é (61)99289-4640

Você também pode verificar se uma notícia é Fake News através do site do Ministério da Saúde neste link.

Tempo de persistência do CORONAVÍRUS em superfícies

Alumínio: 2 a 8 horas
Luva cirúrgica: 8 horas
Metal: 48 horas
Vidro: 4 dias
Madeira: 4 dias
Plástico: 5 dias
Papel: 4 a 5 dias

Como evitar o contágio pelo novo Coronavírus?

Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
Evite aglomerações se estiver doente.
Mantenha os ambientes bem ventilados.
Não compartilhe objetos pessoais.

#FIDIESSALUTAÉNOSSA

COMUNICADOS IMPORTANTES

Paramentação e Desparamentação

Orientações: Realizar exames no leito

Orientações insumos - 23/03/2020

Orientações: Máscara N95

Orientações: Atenção na abertura de fichas

Limpeza dos plates - COVID-19

Orientações: Lavagem das mãos

Orientações aos profissionais da saúde

Orientações: Limpeza protetor facial

Orientações: Uso do Protetor Facial

Orientações gerais: COVID-19

Orientações: A importância dos EPI's

Orientação: Uso correto máscara N95

Use a máscara, ela protege todos nós

Parabéns aos profissionais da saúde

FIDI ESSA LUTA É NOSSA - Crianças

FIDI ESSA LUTA É NOSSA - Profissionais

REDE FIDI - Rebeca Kury

REDE FIDI - Cláudia Ajzen

Marcia Paoliello - Busca por Respostas

Marcia Paoliello - Super-heróis também sentem medo

Marcia Paoliello - Olá Líderes 🙂

Marcia Paoliello - Agradecimento

TOMOGRAFIAS MÓVEIS

COMMAND CENTER

Cartilha de utilização de EPI

Orientações sobre a colocação e retirada dos equipamentos de proteção individual no atendimento de pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19

Paramentação e desparamentação

Como se preparar para o atendimento ao paciente com suspeita ou confirmação de COVID-19

#FIDIESSALUTAÉNOSSA

Perguntas e Respostas sobre o COVID-19

Preparamos um material com as principais dúvidas sobre o Coronavírus enviadas por nossos colaboradores e respondidas por nossos médicos especialistas.

Uma pessoa que foi infectada pelo coronavírus se torna imune ou não?

Ainda não se sabe. Como outras infecções virais respiratórias, é possível que a imunidade ocorra após a cura, tornando improvável uma nova infecção pelo mesmo vírus (a não ser que ocorra uma mutação).

Já é possível mensurar se e quais sequelas o vírus pode deixar em quem foi infectado?

Ainda não é possível determinar em que pacientes a infecção deixará sequelas, e se deixar, qual seria sua extensão. Um estudo em pacientes curados na China demonstrou redução da função pulmonar em alguns casos.

As máscaras que estão vendendo pela internet feita de tecidos de algodão ajudam na prevenção? Caso positivo qual tempo de uso adequado?

As máscaras recomendadas pelo ministério da saúde e por diversos protocolos de entidades médicas são a máscara N95 (PFF2) e a máscara cirúrgica comum. Máscaras “caseiras” não tem eficácia comprovada.

E quanto a roupa e tecidos? Temos alguma informação sobre contaminação em roupas?

Estudos demonstraram que o vírus pode se manter infectante em diferentes superfícies como roupa (5 dias), plástico (5 dias), papel (5 dias), luva cirúrgica (8 horas), metal (48 horas) e madeira (4 dias).

Com tantas mortes ocorrendo no mundo, a doação de órgãos dessas pessoas é possível?

Segundo diretriz da ANVISA, a doação de órgãos e sangue do paciente que se infectou pelo coronavírus só pode ocorrer 90 dias após a cura. Assim, em caso de óbito, a doação não deve ser realizada.

O que pode ser utilizado para higienizar maçanetas de carro, portas e superfícies dentro de casa, caso não se tenha o álcool 70%. É muito difícil encontrar nessa concentração.

Use apenas saneantes regularizados: álcool gel 70%, hipoclorito de sódio, ácido peracético, quaternários de amônia e fenólicos.

Pode haver contágio pelo ar?

Sim. Ao espirrar ou tossir uma pessoa infectada despeja gotículas no ar contendo o vírus, que pode se manter viável (infectante) no ar por algumas horas.

Após o contágio e com resultado positivo para o COVID-19, qual é a orientação que o paciente deve seguir? Somente a quarentena? Tem que tomar alguma medicação ou realizar algum tratamento?

Se os sintomas forem leves (sem febre ou falta de ar), o recomendado é que o paciente fique em casa e cumpra a quarentena de 14 dias, fazendo uso apenas de sintomáticos.

E estando em quarentena com criança, qual a orientação?

O recomendado é o maior distanciamento social possível (dormir em quartos separados, não abraçar ou beijar, tampar a boca ao tossir etc).

É possível a contaminação do COVID-19 ao se secar após urinar? Se for temos que lavar as mãos antes disso?

Esta via de disseminação não parece ter muita relação com o coronavírus. Ainda assim, a higienização das mãos é sempre importante ao utilizar o banheiro.

O vírus pode ser transmitido por contato com urina contaminada? Por exemplo, tive que usar um banheiro fora de casa, e toquei na descarga que estava contaminada. Me limpei em seguida, ou cocei meu nariz. Pode haver contaminação?

A urina em si não é uma via de contágio habitual. Porém, ao tocar em uma superfície contaminada como uma descarga (no metal o vírus permanece viável por 48 horas) e posteriormente levar a mão ao rosto, você pode se contaminar.

Quanto tempo dura o vírus em sacolas plásticas, caixas de papelão, embalagens? Pensando que muitas coisas estão passando por entrega em casa, e que pessoas contaminadas podem ter manipulado as embalagens, qual é o risco real de contaminação através disso?

O vírus pode persistir nas superfícies por horas ou até mesmo dias, conforme já esclarecido. Isto pode variar e depende de condições do local, como temperatura e umidade. Nos casos de embalagens, ao receber um alimento por delivery considere a possibilidade da embalagem estar contaminada por fora. Assim, tenha o máximo cuidado ao transferir este alimento para outro recipiente, evitando com que a superfície externa da embalagem entre em contato com o alimento.

Como ocorre a contaminação por sapatos e roupas? Se uma pessoa entra em algum lugar que estou, com sapato ou roupa contaminados, como o vírus pode chegar até mim? Como evitar?

O vírus pode viver nas solas do sapatos por até cinco dias. Desta forma é muito fácil ‘transportar’ o COVID-19 de lugares mais movimentados, como por exemplo os supermercados, aeroportos e transportes públicos para dentro da sua casa. O mesmo pode acontecer com as roupas utilizadas fora de casa. O recomendado é não reutilizar as mesmas peças em casa, somente depois que estiverem limpas. Quanto aos sapatos, recomenda-se tirar os sapatos antes de entrar em casa.

Teria como desenvolver uma cartilha falando sobre a diferença entre contaminação de gotícula e contaminação aerossol?

Quando alguém tosse ou espirra, pulveriza pequenas gotas líquidas do nariz ou da boca, que podem conter vírus. Se você estiver muito próximo, poderá inspirar essas gotículas – inclusive do vírus da COVID-19 se a pessoa que tossir tiver a doença. A transmissão também pode ocorrer através de procedimentos que gerem aerossóis de secreções respiratórias como intubação orotraqueal, aspiração de secreções das vias aéreas e coleta de swab. As gotículas apresentam partículas maiores que 5 micra, podem percorrer até 1 metro e permanece no ar por alguns minutos. Nos aerossóis as partículas são menores que 5 micra, podem percorrer alguns metros e permanecem no ar por várias horas.

Profissionais da saúde devem pegar transporte público com máscara e luvas?

Não há esta necessidade. Profissionais de saúde, fora do ambiente de trabalho, devem se portar como a população em geral, seguindo as recomendações básicas de proteção e transmissão do vírus. Importante salientar que uma portaria do Ministério do Trabalho determina que os profissionais de saúde não deixem o local de trabalho com seus equipamentos de proteção, nem com a vestimenta usada para o atendimento, como jalecos e aventais.

O coronavírus tem cura?

Sim. Na maioria dos casos acontece a cura espontânea, ou seja, aquela que ocorre quando o corpo reage à infecção produzindo anticorpos, acabando com a doença, da mesma maneira que ocorre em uma gripe comum por exemplo. No entanto, em uma minoria dos casos os sintomas podem se agravar e até levar a morte.

Posso me deslocar para casas de campo, casa de praia, e permanecer uns dias lá com meus familiares e depois voltar para SP para minha casa? Ficar indo e voltando?

É extremamente importante restringir o contato social e o deslocamento entre cidades a fim de evitar a proliferação do vírus em outros centros urbanos.

O que fazer quando sair para passear com meu animal de estimação?

O ideal é que apenas uma pessoa (que não está infectada) passeie com o animal e que não haja interação com outras pessoas na rua, além de fazer passeios mais curtos. Em seguida, ao voltar para casa, é preciso que seja feita a higienização das patas do animal. Lave bem as patas com água corrente e sabão, tomando o cuidado de não deixá-las úmidas. Se quiser, também é possível limpar, da mesma forma, o focinho, pois os cães tem a tendência de farejar o chão e todo o percurso feito durante o passeio.